Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1980 e desde menina leio os poemas de minha mãe, Asor Vacholz (ela dizia que eles ganhavam vida com minha voz). Foi na adolescência(aos 15 anos) que descobri a grandeza de escrever o que eu sentia, pensava, sonhava e imaginava em forma de poesias. Escrevendo eu superei a minha conturbada adolescência, a minha solidão e meus momentos de tristezas. Parei de escrever aos 20 anos por falta de tempo, dividida entre faculdade,trabalho e casamento. Hoje já bacharelada em Administração e pós graduada em Controladoria parei de estudar e achei um tempinho para voltar a escrever. Conheci a poeta Milena Medeiros que me incentivou a publicar as poesias. Foi através dela que comecei a blogar. Agora estou aqui, fascinada, descobrindo este novo mundo que se descortina para mim. Sejam todos bem vindos, e se tiverem oportunidade visitem meu blog de artes http://livaarts.blogspot.com/

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Abalou minhas estruturas

Chegou em minha vida
Como quem nada quer
Fez-me sua amiga
Devagar me conquistou
Logo eu queria ser sua mulher
Desejo, paixão, loucura
Abalaram minhas estruturas
Já não podia mais
Chama-lo de amigo
Hoje eu sei
O significado da palavra amor
Amo como nunca amei
Desejo como nunca desejei
Só me resta a confissão
Ele me tem em suas mãos.
19/09/2009

Um comentário:

Milena Medeiros disse...

Pena que não consigo te seguir, não tem a opção...
Hummm...essa veia poética está bem interessante...vamos ver mais????