Quem sou eu

Minha foto
Nasci em 1980 e desde menina leio os poemas de minha mãe, Asor Vacholz (ela dizia que eles ganhavam vida com minha voz). Foi na adolescência(aos 15 anos) que descobri a grandeza de escrever o que eu sentia, pensava, sonhava e imaginava em forma de poesias. Escrevendo eu superei a minha conturbada adolescência, a minha solidão e meus momentos de tristezas. Parei de escrever aos 20 anos por falta de tempo, dividida entre faculdade,trabalho e casamento. Hoje já bacharelada em Administração e pós graduada em Controladoria parei de estudar e achei um tempinho para voltar a escrever. Conheci a poeta Milena Medeiros que me incentivou a publicar as poesias. Foi através dela que comecei a blogar. Agora estou aqui, fascinada, descobrindo este novo mundo que se descortina para mim. Sejam todos bem vindos, e se tiverem oportunidade visitem meu blog de artes http://livaarts.blogspot.com/

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

A felicidade em suas mãos






Inspirada no título da poesia de Milena Medeiros
Antes que o dia termine

22/10/2010

4 comentários:

Milena Medeiros disse...

que lindo, amiga. Surpresa e tanto...
adorei teu blog e essa lindeza de poema.
Que o sucesso não seja efêmero...que dure toda uma eternidade.

Milena medeiros

Milena Medeiros disse...

Estava vendo quem está seguindo o meu blog e deparo com uma nova integrante: VANIA VACHOLZ.
E, acessando o blog dessa poeta (prefiro chamar de poeta em vez de poetisa),além da surpresa em ver textos dela, vi-me agraciada com uma bela homenagem.
Com o tema de minha poesia ANTES QUE O DIA TERMINE, ela fez uma poesia com uma linda imagem, e mais, enalteceu assim o meu texto.
Então, não pude deixar de expressar aqui os meus agradecimentos e desejar que essa poeta caminhe mais ainda pelos versos e rítmos da poesia feminina.


Sucesso, amiga VANIA VACHOLZ.
Caminhe confiante. Estarei sempre a teu lado.


Milena Medeiros, com amor, 22/10/10 - 21:33h

http://milena-poeta.blogspot.com/2010/10/surpresa-feita-por-vania-vacholz-com-o.html

Vania Vacholz disse...

Obrigada, amiga. Sempre. Pela força, sinceramente eu sempre gostei de escrever, mas nunca tive coragem de mostrar para ninguém (nem pra minha mãe, pois você sabe a grande poeta que ela é). Foi lendo e seguindo seu blog que eu criei coragem de expor estas palavras.

Milena Medeiros disse...

Ela sabe sim, quando comentei sobre seu primeiro poema neste blog, surpresa, à ela, logo ela me disse que vc sempre escreveu e o faz muito bem, tem muita coisa linda!!! Então estou esperando novas poesias e textos teus...E acho que deveria mostrar a ela o teu blog...ela, além de mãe, seria uma boa crítica p ti, e amaria o trabalho da filha - como ama.
bjuusss, miiiga